segunda-feira, 20 de outubro de 2008

I'm alive!!

Eu sei que eu sumi, mas sabe como é, EU TAVA EM PRAGA!!!!
E cara, como que Praga é linda!!!
Andando no centro com a turma eu nem sabia pra que olhar, do que tirar foto, todos os prédios sao tao lindos!
Me lembrou muito a viajem de SP, principalmente porque a gente tava meio que numa parte bem ruinzinha de Praga, mas bem afastada do centro, exatamente o contrário do que acontece nas cidades no Brasil.
O resultado disso foi que a gente acabou passando praticamente todas as noites no hotel: tipo, a gente saia pra andar pela regiao, fazer compras nos surpermecados e tirar fotos engracadas nas ruas (mesmo sendo uma regiao mais perigosa, a gente saia de três ou quatro de noite mesmo assim, e nem tinha problema. europa sao mesmo outros quinhentos); mas a noite mesmo era só no hotel. E isso foi sté bom pra mim, porque eu acabei conversando mais com o povo do colégio.
Juro que pelo menos dois falaram que no início acharam que eu era tímida, porque eu ficava calada a maior parte do tempo. Mas agora eu to falando mais, acho que no início era mais a falta de confianca no alemao mesmo.
Bem, Praga foi muito boa, e eu tenho muita história pra contar, mas nao vai dar pra ser aqui, desculpa!!!
É que é tanta coisa que eu tenho certeza que nao vai ficar tao bom aqui quanto falando, entao tenham praciencia para com a minha pessoa!!! Eu resolvi meio que escrever, em papel mesmo, tudo o que eu nao quero esquecer de jeito nenhum (porque com a minha memória, já viu né?). Até agora a viagem pra Praga já deu mais de três folhas frente e verso e eu ainda nao to nem na metade.
E deixa eu falar uma coisa, escrever muito cansa.

Uma semana antes da viagem foi o meu acampamento com o AFS.
Foi ótimo também.
Falei muito português, inglês, espanhol, e até mesmo alemao!!
Aprendi palavroes em tcheco, turco e francês, e conheci vááárias pessoas super legais.
Dormi muuuuuito pouco, mas valeu a pena.
histórinha engracada: o AFS daqui faz sempre o que eles chamam de energizers, tipo big fat pony. No sábado a tarde a gente foi pra Alexander Platz, bem no centro de Berlin, e já tinha um monte de outras pessoas também do AFS lá, fazendo vários energizers e filmando (ainda nao sei pra que). A gente também participou, e bem no meio do um de bananas (e em italiano!!), eu sinto uma cutucada nas costas, olho pra trás, e vejo o Felix, um amigo da Sophia da minha sala. Legal né? :D

Meus pais mandaram uma caixa com leite condensado, massa pronta pra bolo, toddy, massa pronta pra pao de queijo e etc.
Ate agora já fiz brigadeiro e pao de queijo, e eles gostaram :D
Vou ver se hoje (que eu to atoa e sozinha em casa), eu faco um bolo de fubá.
E teve um dia que a gente foi em um restaurante brasileiro em Berlim, foi bom comer feijao com arroz pra variar de batata :D (eu falo, mas a minha família nem come muita batata aqui)

Gente, por mais que eu até entre de vez em quando na internet, eu to quase que abandonando o orkut completamente.
Entao se eu deixar algum scrap sem resposta, nao quer dizer que eu nao tenha lido com muito carinho todos.
Eu procuro responder todos os emails, entao se alguém quiser tentar me mandar algum tem uma garantia maior de resposta (mas nao garanto nada também).
no do gmail [ luise.soares@gmail.com ], porque o do hotmail nem vejo mais, parei de entrar no msn também.

quarta-feira, 1 de outubro de 2008

About bikes and talking issues... (and more, much more)

Quarta feira, 8:30 da manhã, e eu estou postando aqui.
Não porque eu to em uma aula inútil, mas porque eu to em casa :D
Hoje eu não tive que ir na aula, porque eu nem ia ter aula. Os alunos da minha série iam ter prova, que eu não tenho que fazer, depois eu ia ter dois horários livre, porque eu não tenho aula de francês, e depois ia ser aula de geografia pra fazer trabalho, que eu também não tenho que fazer.
Então fui liberada! :D
Meu plano era dormir até mais tarde, depois ir até a cidade de bicicleta porque eu tenho que comprar umas coisinhas (tipo, uma bolsa e um cachecol, porque por enquanto eu to sobrevivendo pegando emprestado), mas eu acordei sozinha às seis e meia e tá chovendo, e eu me recuso a andar de bicicleta na chuva, de novo.
Porque ontem eu já tive que fazer isso.
Mas pelo menos ontem eu não tive que correr na chuva na aula de ed. física, porque era tipo uma avaliação então fui dispensada :D
To adorando isso.

E adivinhem o que finalmente aconteceu na segunda??
Sim, eu caí de bicicleta u.u
Era uma descida, em curva, no meio da mata!!!
Deixei a bike um pouquinho kaputt (tipo, sábado ela vai pro conserto), manchei a minha calça jeans de verde no joelho, e arranjei um hematoma gigante na coxa! Yuppi!
Agora quando eu ando a campainha da bicicleta fica tocando sozinha, então todo mundo sempre olha pra mim (a garota de vermelho berrante, que anda lerdamente, e fica fazendo barulho quando anda) na rua, legal né?

Sexta eu fui em uma boate com a Sophia e uns amigos dela, em Berlim. Chama BANG BANG CLUB, e era uma noite tipo alternativa, eles só tocaram indie, britrock, electro... Eu despiroquei pouco quando começou a tocar Arctic Monkeys né? Foi ótimo! *-* (Ciça e Bela iam AMAR a boate)
O único problema é que a roupa que eu usei ficou fedendo só um pouquinho a fumaça u.u
Cheguei em casa tipo, sete e meia da manhã e dormi atéééé três e meia da tarde.

Na quarta (18 aninhos!!) ganhei abraços, presentes (um celular, meias, uma vela - da minha professora - um ingresso pra um show, flores), e bolos!
Pessoas fofas da minha sala assaram um bolinho pra mim, com confeito em cima em forma da bandeira do Brasil!
Deu vontade de chorar, foi tãooo gracinha!
(não, eu não chorei, se tem alguém se perguntando isso)

Sexta eu não tenho aula de novo - feriado nacional - e tenho o camp do AFS, finalmente. Vai de sexta até domingo, e no domingo, logo depois, eu vou no show com a Sophia. A banda chama The Wombats, procurem música deles, é legal!
Vou estar pouco morta na segunda né?

Hoje de noite tem um encontro em Berlim com todos os intercambistas que estão pela região, e eu vou :D
Já olhei direitinho todos os trens e metros que tenho que pegar, onde tenho que saltar, horários e tudo mais.
Espero que eu não me perca, nem perca nenhum dos trens (porque aqui é tudo no horário certinho, é medonho).
Se eu der sorte, vai ter alguém do Brasil lá, e eu vou poder falar um pouquinho de português.
Juro que eu nunca falei tão pouco na minha vida! Isso é, tirando a época que eu não sabia falar.
To com uma saudadezinha de tagarelar em português...
Matei um pouco da necessidade quando o falei com o Miguel no telefone (a gente nem conseguiu encontrar ainda), mas ainda to me sentindo muito calada.

Ontem falei bastante na aula de geografia, quando eu fiz uma apresentação sobre BH pra sala, mas foi inglês, então nem conta muito.
Tipo, que o plano era fazer em alemão, mas quem disse que eu consegui?
Depois de duas frases eu tive que apelar boniiito pro inglês.
Mas todo mundo entendeu, menos a professora, então acho que tudo bem né?

Okay, parou de chover - não que esteja fazendo sol, mas já é alguma coisa não? - então vou me aventurar de bicleta pela mata de novo (sim, eu tenho que passar por um trilha na floresta pra chegar até a cidade. Pelo menos é o caminho mais rápido, e o único que eu sei).
Espero que o post tenha sido grande e detalhado o bastate pra satisfazer vocês por um tempinho ;*